O LEGÍTIMO VASCAÍNO


Recebemos esse texto (em forma de comentário) e não poderíamos deixar de publicá-lo aqui! Simplesmente fantástico!!!! Valeu Jorge Luis pela contribuição. Segue:

Por: Jorge Luis 

O LEGÍTIMO VASCAÍNO

Quando você estiver desestimulado com os problemas do time.
Pense que o seu clube do coração foi o primeiro clube brasileiro a ser campeão estadual no ano de sua ascensão para a primeira divisão em 1923.

Quando você achar que esse ou aquele jogador não deveria estar no VASCO DA GAMA.
Pense que muitos jogadores que foram contratados pelo VASCO DA GAMA foram tratados pela imprensa como jogadores sem condição, e deram a volta por cima, se tornando ídolos, é o caso de Juninho Pernambucano, que alguns diziam que teria vindo como contra-peso quando o VASCO DA GAMA contratou o atacante Leonardo. Outro caso foi Evair e Mauro Galvão que todos falaram que estavam “velhos” e em fim de carreira.

Quando você pensar que a estrutura de outros clubes é melhor que a do VASCO DA GAMA.
Lembre-se que o VASCO DA GAMA é o único clube que tem um estádio construído literalmente por sua torcida, em uma época em que os recursos eram muito difíceis de conseguir, e que o montante de verba conseguida para a construção de São Januário veio, principalmente, dos mais humildes. É o clube que a maior estrutura brasileira, são quatro sedes: Complexo Esportivo de São Januário (estádio, quadras de futsal, basquete, vôlei, tênis, piscinas); Vasco-Barra; Sede do Calabouço; Centro de Treinamento Almirante Heleno de Barros Nunes.

Quando você estiver na dúvida sobre os títulos do VASCO DA GAMA.
Recorde-se que o nosso clube foi o primeiro clube brasileiro a ser campeão no exterior, em uma época em que nem a seleção brasileira tinha ganho nada, foi em 1948, no I Sulamericano de Clubes Campeões, que mais tarde foi reconhecido pela Conmebol como a primeira Libertadores da América. Foi tri-campeão do Torceio Ramon de Carranza, e campeão do Troféu Tereza Herrera, na espanha.
É Tetra-campeão brasileiro, em 1974-1989-1997-2000, Tem mais os títulos da Libertadores da América de 1998, no ano do centenário, a Copa Mercosul em 2000, foi campeão do Torneio de Paris, em 1957, que para muitos foi o embrião de um campeonato mundial de clubes, quando ganhamos a final contra o Fabuloso Real Madrid de Di Stéfano, por 4×2, em pleno Parque des princes, assombrando toda a Europa. E muitos outros, visite a sala de troféus do clube e veja o quando nosso amado VASCO DA GAMA é grande, com dimensões infinitas, e orgulhe-se de ser vascaíno.

Quando você estiver assistindo ao jogo e o time não estiver bem.
Volte no tempo e relembre que em 2000, na final da Copa Mercosul, o time vascaíno terminou o primeiro tempo perdendo por 3 x 0, para o Palmeiras, e no maior jogo de todos os tempos e em toda a história do futebol mundial, o VASCO DA GAMA vira o placar para 4 x 3, com um gol de Junhinho Paulista e três de Romário, sendo o do título marcado aos 48 do segundo tempo, não dando chance de reação para o Palmeiras, em pleno Parque Antártica e com um jogador a menos, já que Júnior Baiano foi expulso. E para lembrar esse jogo, Juninho Pernambucano deixa uma imagem de pura emoção quando o VASCO DA GAMA estava reagindo e marcando um gol atrás do outro, ele fica de frente para a torcida e para com a mão fechada no peito esquerdo por quatro vezes, chamando a torcida a participar da partida, foi de arrepiar…

Quando você testemunhar algum caso de racismo.
Retorne a 1924, e leia o maior documento contra o racismo produzido no Brasil e fora dele, quando o presidente do VASCO DA GAMA, campeão carioca de 1923, foi intimado a retirar do time doze jogadores negros e pobres, simplesmente por esse motivo, afinal a burguesia da época não aceitava que os clubes de elite, freqüentado por pessoas da alta sociedade fossem subjugados pela classe “inferior” e o presidente enviou uma carta desistindo de se filiar a AMEA – Associação Metropolitana de Esportes Atléticos, que foi criada simplesmente para excluir o VASCO DA GAMA do campeonato.

Caso você fique pessimista com o time, o presidente, os jogadores, o clube, a estrutura, os títulos, e tudo o que envolve o VASCO DA GAMA.

LEMBRE-SE QUE ACIMA DE TUDO E DE TODOS OS PROBLEMAS, NÓS SOMOS UMA TORCIDA DIFERENCIADA.

TORCEDOR DO VASCO NÃO INVENTA OU ACHA QUE TEM ESTÁDIO, TÍTULO, ESTRUTURA, TORCIDA, JOGADORES, E HISTÓRIA.

O VASCAÍNO TEM DE SE ORGULHAR DE SER VASCAÍNO, DE TORCER PELO MAIOR CLUBE ESPORTIVO DO MUNDO.

SEJA CRUZMALTINO ACIMA DE QUALQUER COISA, TORÇA PELO TIME, INDEPENDENTE DO JOGADOR QUE ESTEJA VESTINDO A CAMISA.

SEJA UM LEGÍTIMO VASCAÍNO.

Anúncios