“Meu amigo Pedro”


Pedrinho e a camisa do clube que sempre deixou claro amar! CRVG!

Pedrinho e a camisa do clube que sempre deixou claro amar! CRVG! Foto: Lancenet

Pedro! Era assim que, em momentos eufóricos nas arquibancadas de São Januário, chamávamos – eu e meus amigos – o grande e talentoso Pedrinho. Isso lá pelos idos de 1997!

Grande Pedrinho! Você foi um valente! Um exemplo para o futebol e para os que iniciam carreira.

Lamentamos a sua despedia prematura do futebol.  Fato triste! Porém nem tão triste assim para nós, vascaínos, que soubemos comemorar grandes conquistas! Afinal quem não se lembra da ala esquerda formada pelos então jovens talentos Felipe & Pedrinho?

Ficam aqui os sinceros agradecimentos e as lágrimas pelas lembranças dos títulos que conquistou, bem como outras pela sua despedida. São lágrimas de felicidade e alegria! São lágrimas para um jogador que poderia e deveria ter sido muito maior do que foi.

Vejam bem, maior como jogador, pois como valente e lutador, não há dúvidas! Pedrinho foi o maior!

Porém não há tempo para saudosismo ou algo parecido. O que importa é que Pedrinho está e sempre estará na memória de todos os vascaínos. Todos os dias, ao entrar na sala de troféus de São Januário e olharmos para as taças conquistadas por você, lembraremos, com os olhos marejados, dos grandes momentos vividos nas arquibancadas!

Valeu Pedrinho! Muito obrigado pela sua contribuição para a história do CRVG!

P.s: Vestindo a camisa do Vasco, Pedrinho foi campeão Brasileiro de 1997 e 2000, carioca de 1998, Libertadores de 1998, RJ-SP de 1999 e Mercosul de 2000. Tá ruim?!

Anúncios