Displicente


Carlos Alberto claramente forçou o terceiro cartão amarelo no jogo de sábado. Além disso, o capitão vascaíno bateu o segundo pênalti, que ele perdeu, com uma displicência tremenda. Aquela conversinha fiada, cheia de risinho, com o goleiro do Atlético-GO antes da cobrança foi ridícula. Será que o capitão vascaíno já tá se achando o dono do time? Espero que não, se for isso é bom ele abrir o olho porque o Vasco não é o botafogo, o corínthians e muito menos o fluminense.

Anúncios