Pelé manda mensagens para os jovens e posta foto com a camisa do Vasco


"Sem o Vasco, o futebol brasileiro não teria conhecido Pelé"

“Sem o Vasco, o futebol brasileiro não teria conhecido Pelé”

O Rei Pelé mandou, via Twitter, uma mensagem para o público jovem nesta quarta-feira em forma de conselho. O detalhe que o atleta do século, vascaíno quando criança, exibiu uma foto quando atuou com a camisa do Cruzmaltino da sua época de jogador.

– O jovem deve correr atrás do que ele quer, e não ceder à influência dos outros – escreveu Pelé, através da rede social.

Vasco-Santos: Wagner, Paulinho, Bellini e Ivan; Urubatão e Brauner; Iedo , Pelé, Álvaro, Jair Rosa Pinto e Pepe.

Vasco-Santos: Wagner, Paulinho, Bellini e Ivan; Urubatão e Brauner; Iedo , Pelé, Álvaro, Jair Rosa Pinto e Pepe.

“Pelé fez algumas de suas melhores apresentações no Maracanã. Foi o seu grande palco no país pela Seleção Brasileira, que nos anos 50, 60 e 70 jogava a grande maioria de suas partidas em território nacional no tradicional estádio. E foi nele que o Rei do futebol marcou um de seus gols mais bonitos – o de placa contra o Fluminense, em 5 de março de 1961. E um de seus mais marcantes – o milésimo, diante do Vasco, em 19 de novembro de 69. Além de ter sido o local de sua despedida da Seleção, em 18 de julho de 71.

E há exatos 55 anos, em 19 de junho de 1957, Pelé pisou no gramado do Maracanã. Não com a camisa do Santos. Mas sim com a do Vasco, time pelo qual torcida quando garoto.

Pelé usou a Cruz de Malta em três partidas. As diretorias de Vasco e Santos fecharam um acordo para que um combinado com jogadores das duas equipes disputasse o Torneio Internacional do Morumbi, promovido pelo São Paulo, com jogos no Rio e em São Paulo. E em três partidas no Maracanã, a revelação santista, com apenas 16 anos, jogou com o uniforme vascaíno. E foi bem. Muito bem.

Em 19 de junho, Pelé fez três gols na vitória do combinado Vasco-Santos sobre o Belenenses (Portugal) por 6 a 1. Três dias depois (em 22/6), o adolescente marcou no empate por 1 a 1 com o Dínamo Zagreb (Iugoslávia). E no dia 26, a equipe também empatou, com o Flamengo. Também por 1 a 1. Também com direito a gol de Pelé.”

Por Marcelo Monteiro, em 19/06/2012

FONTE: BLOG MEMÓRIA E.C. – http://globoesporte.globo.com/platb/memoriaec/2012/06/19/ha-55-anos-pele-pisava-pela-primeira-vez-no-maracana/